Saiba sobre a importância de realizar o comunicado de venda

por admin
0 visualizações
 

Apenas assinar em cartório não transfere o veículo. É preciso comunicar ao Detran (Foto: Ana Flávia Soares/Detran)

Ao vender um veículo, é necessário realizar o comunicado de venda de sua propriedade ao Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran/AC). A medida é uma forma de evitar possíveis transtornos. Ao não realizar o procedimento, fica constando para o órgão que permanece o antigo proprietário.

Diariamente o Detran recebe reclamações de donos de veículos que após venderem suas propriedades acabam sendo surpreendidos com multas por infrações que não cometeram. Esse fato pode ser evitado facilmente, ao fazer o comunicado de venda. Apenas assinar em cartório não transfere o veículo. É preciso comunicar ao Departamento.

O professor Marcos da Silva vendeu uma motocicleta, mas não atentou para a necessidade de realizar a comunicação de venda. “Começaram a chegar a minha casa várias multas de infrações que não cometi. Procurei a pessoa para quem eu tinha vendido a moto, mas ela já tinha repassado para um terceiro. Depois de muito tempo consegui regularizar a situação”, relatou Silva.

O artigo 134 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) afirma que o vendedor tem a obrigação de comunicar a venda do veículo ao Detran no prazo máximo de 30 dias, sob pena de ser responsabilizado pelas penalidades impostas e suas reincidências, até a data da comunicação.

“Essa lei está grafada no verso do documento do veículo justamente para alertar o vendedor na hora em que ele está preenchendo a autorização para transferência,” explica a gerente de atendimento do setor de veículos do Detran, Maura Cavalcante.

O documento diz ainda que “o adquirente terá o prazo máximo de 30 dias, contados da data da aquisição, para providenciar a transferência do veículo para o seu nome, sob pena de incorrer em infração, conforme o CTB”.

Para realizar o procedimento é bem simples, basta preencher completamente o CRV (Certificado de Registro de Veículos), colher a assinatura do comprador e reconhecer ambas as assinaturas como autênticas em cartório, tirar uma cópia do documento e cópia do documento de identificação do proprietário e do comprador, depois e levar ao setor de serviços de veículo do Detran, na Avenida Nações Unidas, 1735, em frente ao Sétimo BEC.

Autor: Ana Flávia Soares

Talvez queira ler essas notícias

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Ir para o conteúdo