Mototaxistas apoiam operação Álcool Zero

por admin
0 visualizações

O condutor que gosta de beber tem agora mais uma opção para voltar em segurança para casa. Os mototaxistas de Rio Branco estão apoiando a Operação Álcool Zero. Em assembleia, eles decidiram colocar em prática os valores estipulados na tabela emitida pela Prefeitura da capital, através do decreto municipal n 2.216, de 17 de fevereiro de 2011.

Os valores praticados pela categoria estão acima do constante na tabela. No entanto, sensibilizados com o combate de bebida e direção, os mototaxistas terão como base os valores classificados no decreto. Para isso, contam com a ajuda da própria população que utiliza esse tipo de transporte. Um percurso de dois quilômetros custa aproximadamente cinco a seis reais. Com a tabela esse valor cai para três reais e 70 centavos.

“Pedimos ao cidadão que exija o valor da tabela, assim estarão pagando um menor preço e também nos ajudando a fiscalizar a classe”, explicou o presidente do sindicato dos mototaxistas do Acre, Pedro Mourão.

O presidente esclarece ainda, que a redução será estendida aos fins de semana, no período compreendido entre 14 horas de sábado até às seis da manhã. “Nesses horários cobramos sempre um real a mais do valor. No entanto, deixaremos de fazer isso, para que o cidadão tenha uma opção mais barata para voltar para casa em segurança, após ingerir bebida alcoólica”, disse.

Pedro acrescenta ainda que a classe estuda a possibilidade de estender o valor da tabela para a Expoacre 2012. O tema será debatido juntamente com RBtrans, ministério público e Detran, na próxima semana.

Para a diretora geral do Detran, Sawana Carvalho, ações como essa, vêm a somar com a operação Álcool Zero. “Ficamos felizes em ver que categorias de grande importância para o transporte público, como é o caso dos mototaxistas, já estão cientes da importância que essa operação tem para preservar vidas no trânsito. Sempre explicamos que não queremos que o cidadão deixe de beber, apenas que não dirijam após ingestão de bebida alcoólica. Agora contamos com o apoio deles para nos ajudar no combate a alcoolemia”, destacou.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Ir para o conteúdo