Detran flagra crime de falsidade ideológica durante exame

por admin
6 visualizações

Técnico do órgão estadual identifica pessoas utilizando identidade falsificada


As provas teóricas do Departamento Estadual de Trânsito estavam sendo aplicadas no município de Brasiléia, sábado, 16, na Escola Kairala José Kairala, quando no momento da identificação dos candidatos os examinadores do Detran perceberam que havia algo errado.

Os documentos de identidade apresentado por cinco “candidatos” estavam com uma fotografia colada por cima da digital.

O presidente da banca de examinadores, Anibal Farias, foi chamado pelo examinador que constatou tal situação e pelo representante da corregedoria do Detran. Segundo Farias, as pessoas que estavam tentando fazer a prova tiveram que se retirar da sala devido ao crime de falsidade ideológica conforme os artigos 297 e 299 do Código Penal.

O diretor-geral do Detran, Reginaldo Prates foi informado sobre o caso e em se tratando de flagrante delito determinou o encaminhamento das pessoas envolvidas à delegacia do município de Brasiléia.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Ir para o conteúdo