Detran faz orientações em bares e restaurantes de Rio Branco

104 visualizações

Daigleíne Cavalcante

Quem frequentou os principais bares de Rio Branco na noite desta sexta-feira, 6, recebeu orientação sobre a perigosa associação entre álcool e direção.

E que como parte da programação do Movimento Maio Amarelo no Acre, a equipe de educação do Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran/AC) visitou nove bares da capital, conversando com a população sobre a necessidade de adotar uma postura consciente de preservação da vida no trânsito.

O mês de maio os educadores intensificam as ações de orientação por um trânsito mais seguro. Foto: Daigleíne Cavalcante.

“Após dois anos de pandemia, em que nossas atividades educativas do Maio Amarelo foram só on-line, voltamos a atuar com abordagens presenciais. Nossa intenção é aproveitar a grande concentração de pessoas nos bares para propagar a campanha e, principalmente, a ideia de que para salvar vidas precisamos do comprometimento de todos, destaca a coordenadora de Educação de Trânsito do Detran, Cléia Machado.

A ação consiste em lembrar aos cidadãos que a associação de álcool e direção pode ser fatal. Foto: Daigleíne Cavalcante

A cabeleireira Cleiciane dos Anjos aprovou a intervenção realizada pelo Detran. “A gente vê tanta gente morrendo no trânsito e não lembra que nossa postura pode nos levar a ser o próximo a cometer um acidente”, lembrou.

Ao todo foram alcançadas quase mil pessoas durante a ação, que será realizada novamente nos próximos fins de semana. Além das abordagens em bares, a programação do Maio Amarelo prevê palestras, blitz educativas, apresentação teatral em escolas, além de ação educativa nas faixas de pedestres próximas às escolas, tanto na capital como no inteiro.

Escolhida como motorista da rodada, a empresária Yara Menezes fala sobre o compromisso de se divertir com as amigas e zelar pela manutenção da vida. “Eu tenho uma filha que precisa de mim, tenho um pai e uma mãe que esperam eu voltar pra casa, assim como minhas amigas também têm família. Então eu decidi ser a motorista da rodada para protejer nossas vidas e de outras pessoas que estiverem no trânsito”, salienta.

As amigas escolheram a estratégia de eleger a motorista da rodada para voltarem para casa em segurança. Foto: Daigleíne Cavalcante

Maio Amarelo

O Movimento Maio Amarelo foi criado pelo Observatório Nacional de Segurança Viária em 2014 com a proposta de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortos e feridos no trânsito em todo o mundo. 

Talvez queira ler essas notícias

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Ir para o conteúdo