Detran aponta queda no número de mortes no trânsito

por admin
0 visualizações

(Por Igor Martins)

O índice de vítimas que foram a óbito em decorrência de acidentes de trânsito caiu de 9,51% em 2008 para 3% nos nove primeiros meses de 2013. O Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran) atribui esse número positivo às ações executadas pelo governo do Estado em prol da segurança viária.

Excesso de velocidade é a maior causa de acidentes no mundo inteiro. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), acidentes em que o condutor do veículo trafega acima de 50 quilômetros por hora possuem maior probabilidade de lesões fatais.

O setor de análise criminal da Polícia Militar em conjunto com o setor de estatísticas do Detran, realizaram recentemente estudos que mapeiam os acidentes de trânsito em todo o Acre, entre os anos de 2008 a 2013.

O levantamento aponta que em 2008 foram 106 pessoas que perderam a vida em acidentes de trânsito, em 2009 o número caiu para 85, subiu para 100 em 2010 e se elevou um pouco mais em 2011, contabilizando 128 mortos. Em 2012, o número desceu para 95, e nos nove primeiros meses de 2013 chegou a 60 vítimas.

Para a diretora-geral do órgão de trânsito, Sawana Carvalho, esses números são frutos do incansável trabalho realizado pela educação de trânsito e das ações de fiscalizações. “Nossa equipe de educadores estão presentes nas escolas diariamente – esta semana mesmo, estão em Sena Madureira, passando noções de autocuidado nas vias”, relata.

Sawana completa: “O trabalho realizado pelas operações de fiscalização também contribuem muito, já que estão coibindo o excesso de velocidade e a mistura de álcool e direção. É preciso que o cidadão enxergue as blitzes como um grande apoio à segurança pública do nosso Estado. Pelo trânsito passam drogas, armas, veículos roubados e até fugitivos da Justiça”, salienta.

Esses números levam em consideração o aumento da frota, que saltou de 111.407 em 2008 para 199.853 em 2013, por isso o índice de vítimas fatais é realizado a cada dez mil veículos. Além disso, esses números não incluem as vítimas de acidentes em rodovias federais.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Ir para o conteúdo