Segurança registra redução nos indicadores de violência no Carnaval

por admin
0 visualizações

De acordo com a Sesp, o Carnaval 2015 foi o mais tranquilo dos últimos anos (Foto: Alexandro de Lima)

De acordo com a Sesp, o Carnaval 2015 foi o mais tranquilo dos últimos anos (Foto: Alexandro de Lima)

Por Marcelo Torres

O Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp) apresentou na manhã desta quinta-feira, 19, em coletiva de imprensa, o resultado da operação realizada pelas forças de segurança (polícias Civil e Militar, Detran e Bombeiros) durante o Carnaval 2015.

As cinco noites de Carnaval registraram poucas ocorrências, de acordo com o planejamento integrado de todo o Sisp, que atuou de maneira preventiva e proativa. Comparando 2015 com 2014, houve uma redução de 16,5% nos casos de violência. No ano passado foram registradas 654 ocorrências, e este ano, apenas 550 casos de violência em geral.

“Na capital tivemos 18 ocorrências leves, entre ameaças simples e porte de arma branca, e em todo o interior do estado tivemos 75 apreensões de pessoas, também por ocorrências leves”, explicou o comandante da Polícia Militar, Julio Cesar.

De acordo com o secretário de Segurança Pública, Emylson Farias, o número de ocorrências registradas durante o Carnaval foi extremamente reduzido, pois ofertar segurança em uma festa desse porte de maneira descentralizada é um grande desafio para a segurança pública.

“Foi feita a mobilização dos órgãos que compõem a Segurança Pública para que organizássemos todo o esquema de segurança, que por sinal foi um sucesso. Esse é um modelo que queremos dar continuidade para os próximos carnavais, por meio de parcerias públicas e privadas que apoiaram o carnaval 2015”, destacou Emylson Farias.

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) atuou de maneira ostensiva, com a realização de blitze em vários bairros de Rio Branco. Nesse período, foram fiscalizados 1.082 veículos, sendo que 2,8% estavam com a documentação irregular, 3,7% veículos foram removidos, 88,7% dos condutores fizeram o teste do bafômetro e 25% dos condutores, autuados pelo álcool zero.

Já o Corpo de Bombeiros registrou 66 ocorrências não decorrentes do Carnaval, e sim de algumas eventualidades devido às elevações das águas dos rios

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Ir para o conteúdo