Saiba como transportar criança corretamente em veículos

por Detran AC
0 visualizações

Para garantir a segurança dos pequenos, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) determina uma série de regras para o transporte de crianças em veículos. Essas medidas preventivas servem para reduzir mortes e ferimentos decorrentes de acidente envolvendo crianças.

A Resolução Nº. 277 do Contran determina que crianças menores de 10 anos de idade devem ser transportadas sempre no banco traseiro dos veículos. De acordo com a idade, elas devem utilizar um equipamento de segurança adequado.


Quem transportar criança sem obedecer as normas está cometendo uma infração gravíssima Foto: Andréia Nobre

De acordo com a cartilha publicada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet) e a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), em casos de acidente, as crianças que estiverem no banco de trás terão maior probabilidade de sobrevivência, caso utilizem o dispositivo de retenção apropriado para idade.

Regras

Bebês de zero a um ano, devem ser transportados em assento tipo concha (bebê conforto), instalado no sentido inverso da posição normal do banco do veículo. Quando a criança faz um ano, deve ser transportadas em cadeirinhas até completar quatro anos, este equipamento deve ser fixado voltado para o painel do veículo, mantido na posição central do banco traseiro.

A partir dos quatro anos é permitido o uso do assento de elevação, um apoio colocado no banco para que o pequeno atinja a altura do cinto de segurança. É importante verificar para que o cinto não fique no pescoço da criança.

De sete anos e meio até dez anos de idade devem ser transportadas no banco de trás, sempre utilizando o cinto de segurança do veículo. A partir de 10 anos, as crianças já podem ser transportadas no banco da frente, com uso do cinto de segurança.

“Quando utilizados e instalados corretamente, os itens de segurança reduzem em 71% os riscos de mortes em casos de acidentes”, afirma o agente de trânsito do Detran, André Nunes.

Talvez queira ler essas notícias

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Ir para o conteúdo