Saiba como emitir a Autorização para Transferência digital do seu veículo

por Thalles André
106 visualizações

Eduardo Gomes11/11/2021

Desde que a Resolução nº 809/2021 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) passou a vigorar no início deste ano, o proprietário de veículo automotor registrado em qualquer unidade da federação passou a não ter mais o Certificado de Registro Veicular (CRV) emitido  de maneira física nos balcões dos departamentos de trânsito de todo o país.

O CRV, o antigo DUT, deixou de ser impresso em papel moeda e entregue ao cidadão quando do emplacamento, transferência e alterações de categoria ou característica de um veículo. Agora apenas um código de segurança deste documento é informado ao proprietário.

Na prática, o CRV como existia anteriormente deu lugar à Autorização para Transferência de Propriedade de Veículo eletrônica (ATPV-e). O novo dispositivo passou a ser exigido nos procedimentos de transferência veicular e deve ser preenchido digitalmente por meio da plataforma de Autoatendimento, disponibilizada no Portal de Serviços do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

“Com a implantação dos serviços e documentos digitais, o Detran busca simplificar procedimentos e diminuir o tempo de espera do cidadão para ter acesso a um documento, por exemplo. Em 2020 fomos o 12º estado brasileiro a implantar o CRLV digital e já no dia 4 de janeiro deste ano eliminamos os blocos de papel moeda para impressão do CRV. Hoje o acesso às tecnologias está mais facilitado e os serviços públicos precisam acompanhar essa evolução”, destacou Taynara Martins, presidente do Detran.

Passo a passo para emitir a APTV-e

Emitir a ATPV-e tornou-se um processo ainda mais simplificado com a implantação do Portal de Serviços no site do Detran, bastando que o proprietário acesse o site www.detran.ac.gov.br e siga os passos a seguir:

No site clique em Portal de Serviços, depois em criar login para realizar um cadastro na plataforma de Autoatendimento e confirme. Com o cadastro finalizado, volte à plataforma, clique em ‘Fazer Login’ e preencha com os dados solicitados.

Já na página do proprietário, no ‘Menu de Serviços’, clique em ‘Veículo’, marque a placa desejada e clique em ‘Imprimir ATPV Digital’. Na página seguinte é obrigatório informar o valor da venda e os dados pessoais do comprador, como nome completo, CPF, endereço e telefone. Depois é preciso confirmar as informações e aí sim a Autorização estará disponível para impressão em papel comum A4.

Com a ATPV-e preenchida, o próximo passo é procurar o Detran para transferir o veículo. Foto: Thalles André/Detran

Intenção de venda

É preciso ficar atendo quanto ao preenchimento da ATPV-e, pois trata-se de uma intenção de venda do veículo. Uma vez realizado o procedimento, não é possível alterar os dados informados, mas apenas reimprimir a Autorização e já com as informações do comprador.

O passo seguinte continua como de costume. Comprador e vendedor devem comparecer a um cartório para reconhecimento das assinaturas nas modalidades verdadeira ou autenticidade. Feito isso, o comprador tem 30 dias para levar o veículo à Vistoria do Detran e providenciar a transferência junto ao Atendimento de Veículos ou um despachante credenciado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Ir para o conteúdo