Saiba a importância de comunicar a venda do veículo ao Detran

por admin
9 visualizações
Fhaidy Acosta

 

Em 2017, foram realizados 2.471 comunicados de venda de veículo em Rio Branco (Foto: Fhaidy Acosta)

O comunicado de venda é um serviço gratuito do Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran/Acre) e pode evitar possíveis transtornos após a venda de um veículo.

A aposentada Maria Gomes vendeu uma motocicleta, mas deixou de realizar o comunicado de venda. “A pessoa para quem eu tinha vendido a moto repassou-a para um terceiro já com multas, que acabaram sendo registradas no meu nome. Minha sorte foi que o novo comprador fez questão de quitar os débitos para regularizar a moto, então fui com ele ao Detran para solucionar o problema”, explicou.

O artigo 134 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) afirma que o vendedor tem a obrigação de comunicar a venda do veículo ao Detran no prazo máximo de 30 dias, sob pena de ser responsabilizado pelas penalidades impostas e suas reincidências, até a data da comunicação.

De acordo com o chefe da divisão de veículos Maura Cavalcante, muitas pessoas buscam o Detran questionando as multas após vender o veículo.

“Não basta apenas fazer um documento autenticado em cartório. Caso o procedimento de transferência não seja realizado juntamente com o comprador, é indispensável que o vendedor comunique a venda formalmente, para que o Detran tenha conhecimento de que o bem está sob a responsabilidade de um novo dono”, explica Maura.

Procedimento

Para comunicar a venda, na capital, o proprietário deve se dirigir ao setor de serviço de veículo do Detran, localizado na Avenida Nações Unidas, 1735, em frente ao Sétimo Batalhão de Engenharia de Construção. No interior, o procedimento deve ser realizado nas Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans).

É indispensável a apresentação de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) com cópia, cópia do Registro Geral (RG) e Cadastro de Pessoa Física (CPF), além do Documento Único de Transferência (DUT) ou CRV (Certificado de Registro de Veículos) devidamente preenchido, com as assinaturas do vendedor e comprador reconhecidas em cartório, assim como uma cópia autenticada.

Nos casos em que o comunicante não for o proprietário, deve ir munido também de procuração específica para o veículo com original e cópia.

Para que o comunicado de venda seja confirmado, o veículo deve estar quitado. Em 2017, foram realizados 2.471 comunicados de venda de veículo em Rio Branco e 266 não foram finalizados por falta de algum requisito para a conclusão do trâmite.

Talvez queira ler essas notícias

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Ir para o conteúdo