Norma para o transporte de criança será prorrogada

por admin
0 visualizações

Fiscalização foi adiada para 1 de setembro


O presidente do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), Alfredo Peres da Silva, anunciou agora há pouco a prorrogação da entrada em vigor da fiscalização do uso dos equipamentos de retenção para o transporte de crianças.

Por meio de Deliberação, que será publicada no Diário Oficial desta quarta-feira, 9, a data para dar início à fiscalização será 1 de setembro deste ano. A decisão do presidente do Contran ocorreu devido à escassez de equipamentos no comércio.

De acordo com Silva, o objetivo das regras para o transporte de crianças é educativo. “A intenção não é multar, mas conscientizar os pais e demais condutores sobre a importância e necessidade do uso dos equipamentos.”

A Resolução 277 do Contran foi publicada em junho de 2008, definindo o prazo de dois anos para a adequação com a previsão de início da fiscalização a partir de 9 de junho de 2010. Segundo a norma, as crianças de até um ano de idade deverão ser transportadas no equipamento denominado conversível ou bebê-conforto, crianças entre um e quatro anos em cadeirinhas, e de quatro a sete anos e meio em assentos de elevação. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, as crianças até dez anos devem ser transportadas obrigatoriamente no banco traseiro.

A penalidade é a prevista no artigo 168 do Código de Trânsito Brasileiro, que considera a infração gravíssima e prevê multa de R$ 191,54, sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação e a retenção do veículo até que a irregularidade seja sanada.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Denatran

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Ir para o conteúdo