Mais de 190 mil pessoas foram alcançadas com educação de trânsito no Acre em 2018

por Detran AC
1 visualizações

Daigleíne Cavalcante 
 

Apresentação teatral em escolas é uma das estratégias para educar para o trânsito ainda na infância (Foto: Weslley Chrystian)

Uma das principais missões do Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran/AC) é disseminar a cultura de paz no trânsito por meio de atividades educativas. Como parte dessa tarefa, a equipe de educação para o trânsito do órgão realizou diversas atividades, na capital e no interior do estado, alcançando cerca de 194 mil pessoas.

As estratégias são várias e vão desde apresentações teatrais em escolas, palestras em instituições de ensino superior e todo tipo de empresas, peças publicitárias, assim como abordagens nas vias, levando aquela conversa amiga para chamar a atenção de condutores e pedestres.

Além disso, anualmente o Detran/AC aproveita três grandes momentos para intensificar as ações de orientação para o trânsito, que são a Campanha Maio Amarelo, a Semana Nacional de Trânsito (SNT) e o Dia Mundial em Memória às Vitimas de Trânsito, assim como eventos estaduais de grande concentração de pessoas, como a Expoacre e outras feiras de exposição realizadas no interior do estado.

Governador Tião Viana participa de atividade de educação no trânsito (Foto: Cedida)

Resultados positivos

O trabalho é de “formiguinha”, mas já é possível ver o resultado. Em 2017, o Acre ultrapassou a meta mundial de redução de mortes no trânsito estabelecida em 2011 pela Organização das Nações Unidas (ONU), que previa a diminuição de 50% das mortes nas vias em 10 anos, porém, em menos de seis anos, o estado alcançou 58% de redução, ao passo que o aumento da frota foi de 38% e o crescimento da população, 9%.

“Não restam dúvidas de que o esforço em orientar, disseminar a gentileza no trânsito, o respeito às regras e a mudança de cultura nas vias é responsável em grande parte por essa conquista, mas não podemos descansar enquanto houver um só mutilado por causa de um acidente de trânsito”, enfatiza a diretora-geral do Detran/AC, Shirley Torres.

Entre 2015 e 2018, mais de mil ações educativas foram realizadas só em Rio Branco, alcançando mais de 600 mil pessoas. No interior não é diferente: em Cruzeiro do Sul, segunda maior cidade do estado, mais de 285 mil pessoas receberam algum tipo de orientação sobre trânsito nos últimos quatro anos.

Além de Rio Branco e Cruzeiro do Sul, o Detran/AC tem posto de atendimento nas cidades de  Tarauacá, Feijó, Sena Madureira, Xapuri, Brasileia, Senador Guiomard, Plácido de Castro, Assis Brasil, Acrelândia, Rodrigues Alves e Mâncio Lima.

Estudantes João Carlos e Daniel Silva receberam orientação para o trânsito antes mesmo de completar a idade de dirigir (Foto: Ana Flávia Soares)

Um exemplo de que a educação pode despertar a transformação vem do estudante de ensino médio João Carlos Oliveira, que após assistir a uma peça teatral sobre o trânsito constatou que quer ser um motorista consciente. “Eu ainda não dirijo, mas quando tirar minha habilitação vou respeitar as leis de trânsito e as outras pessoas, principalmente os idosos.”

Já o aluno Daniel Silva se comprometeu repassar o aprendizado aos familiares. “As crianças com menos de 10 anos devem usar cadeirinha e não podem andar no banco da frente. Vejo meus parentes fazendo isso, eles não sabem, e acabam colocando em risco a segurança”, relata.











Talvez queira ler essas notícias

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Ir para o conteúdo