Jovens participam de blitz educativa de trânsito no centro de Rio Branco

por admin
0 visualizações

Alunos vinculados ao programa de capacitação de trânsito promovido pelo Detran, em parceria com a Secretaria de Estadual de Educação (SEE) realizaram uma ação educativa neste sábado, 15, na região central de Rio Branco. Cerca de 25 jovens foram divididos em grupos, assistidos por educadores da autarquia, para efetuar abordagens e distribuição de materiais educativos na Rua Benjamin Constant, avenidas Brasil e Marechal Deodoro, bem como as imediações do Terminal Urbano.

O objetivo da ação é fazer com que os estudantes não somente pratiquem os conhecimentos adquiridos no ambiente da sala de aula, mas também compartilhem informações sobre direção defensiva e outras práticas positivas no trânsito. O público alvo são os condutores e principalmente os ciclistas, motociclistas e pedestres, já que estes últimos são considerados os mais vulneráveis na circulação viária, de acordo com a equipe do Detran.

Esta é a primeira aula prática dos alunos de cinco instituições de ensino participantes do projeto, previsto na Resolução 265/07 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Para o instrutor do curso e coordenador da atividade, Erbeson Maia, é uma maneira de diversificar a abordagem do conteúdo oferecido e envolver os adolescentes na temática. “São jovens de 15 a 17 anos. Por isso, é preciso também fazer outras coisas diferentes, inventar músicas, teatro, mas sempre com foco no trânsito seguro”, explica.

Uma das alunas participantes, Helen Farias, acredita que o curso, para ela, não é somente um meio de futuramente tirar a carteira de habilitação. Afirma ainda que ela e os demais estudantes são um instrumento de difusão social e a aula extra classe é inserida em todos este contexto. “A gente precisa incentivar a responsabilidade de todo mundo no trânsito, prestar atenção no que a gente faz nele, mas sem esquecer das outras pessoas”, reflete.

A técnica em enfermagem Rosângela Silva foi uma das pedestres abordadas durante o trabalho educativo. Ela acredita que somente envolvendo os jovens é que será possível fazer um trânsito diferente no futuro. “Você vê que com todas as explicações que são dadas pelo Detran, muita gente não muda e continua fazendo coisas erradas. Esses meninos vão ser motoristas amanhã. Se eles forem educados de hoje, amanhã não vamos ter problemas nas ruas”, pontua.

A ação contou com a parceria das secretarias estadual e municipal de saúde, alusiva à Operação Integrada de Enfrentamento à Violência de Trânsito, que foi lançada no Ministério da Justiça, em Brasília, nesta quinta-feira, 13, e hoje recebe sua mobilização em todos os estados do Brasil, simultaneamente.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Ir para o conteúdo