Fórum debate soluções para prevenção e segurança no trânsito

por admin
0 visualizações

(Por Igor Martins)

A solenidade de abertura do Fórum de Prevenção e Segurança no Trânsito do Acre foi realizada nesta segunda-feira, 23, no auditório da Uninorte. Promovido pelo Detran, em parceria com a Polícia Militar e outras entidades governamentais, o evento é uma das atividades vinculadas à Semana Nacional de Trânsito, iniciada na última quarta-feira, 18, e visa suscitar a discussão de ações que culminem em segurança para pedestres, ciclistas e motoristas.

Representando o prefeitura de Rio Branco na solenidade, o superintendente da RBTrans, Ricardo Torres, iniciou sua fala, evidenciando o empenho dos órgãos de trânsito para promoção da segurança. “O pensamento de que há uma “indústria de multas” é um atraso e até mesmo um desserviço. Os trabalhos desenvolvidos pela fiscalização, por exemplo, tem o único intuito de reduzir os acidentes e salvar vidas”, disse. Além disso, Ricardo Torres também apontou o que tem sido feito pelo município em termos de mobilidade urbana, como o investimento em passeios públicos.

Para o comandante da Ciatran, major Márcio Alves o comprometimento da sociedade é primordial. “Não nos interessa a autuação pela autuação, e sim para educar e salvar vidas. É preciso conhecimento e sensibilidade à problemática. Sabedoria e prudência são a solução para a violência no trânsito”, aponta.

O promotor de Defesa e Cidadania do Ministério Público Estadual, Rogério Muñoz, aproveitou a presença de um grupo de idosos para frisar o quanto são vulneráveis enquanto pedestres. Ressaltou que todos devem lembrar que o motorista se torna pedestre quando desce do carro. Parabenizou e endossou a iniciativa da colocação dos radares em Rio Branco. “Infelizmente, os nossos motoristas não são educados. A cultura do respeito à sinalização só existe quando há educação, mas principalmente quando se mexe no bolso dos infratores”, disse.

O diretor administrativo e financeiro do Detran, Gabriel Maia, afirma que os conhecimentos adquiridos no evento devem ser reproduzidos junto à sociedade. Avaliou ainda que a Álcool Zero é um programa de governo que com certeza já salvou milhares de vidas no trânsito. “Se não olharmos a formação com o cuidado que merece, os condutores podem se tornar criminosos atrás de volantes”, alerta.

Também estiveram presentes na solenidade o secretário adjunto de Saúde do município, Oteniel Almeida, o diretor de operações do Detran, Ítalo Medeiros, o coordenador do programa voluntário de trânsito, capitão Jairo Teixeira e a coordenadora de educação de trânsito do Detran, Geny Polanco.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Ir para o conteúdo