Detran recebe 25 bafômetros do Ministério da Justiça

por admin
4 visualizações

A secretária de Segurança Márcia Regina repassou à Companhia de Trânsito (Ciatran) na manhã desta quarta-feira, 25 bafômetros que haviam sido doados pelo Ministério da Justiça ao Governo do Acre.

O equipamento será utilizado pelo Detran para reforçar a fiscalização sobre o uso de álcool por condutores de veículos tanto na capital quanto no interior do Estado. Os órgãos de trânsito têm agora 40 bafômetros para atender todos os municípios.

Os novos equipamentos serão utilizados a partir deste fim de semana, quando começa a Expoacre, evento que reúne uma grande quantidade de público e quando aumenta o fluxo de veículos à noite. A Secretaria de Segurança Pública está fechando as propostas de segurança para o período quando deverão ser instalados pontos fixos e móveis de fiscalização. Também está prevista a retomada da campanha “Amigo da vez”. “O Detran vai reiniciar a campanha educativa sobre os perigos de associar álcool e direção. Queremos estimular que se a pessoa for dirigir entregue o veículo para quem não bebeu. A pessoa sempre pensa que com ela não vai acontecer. Quero que todos tenham consciência de que vamos aumentar a fiscalização e vamos usar os bafômetros”, alerta a secretária de Segurança, Márcia Regina.

No primeiro trimestre deste ano, o Detran registrou redução de 16% no número de vítimas fatais no trânsito em relação ao mesmo período de 2008. A média de flagrantes por uso de álcool ao dirigir é de 30 casos por mês. O crime de trânsito previsto no Artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro só é considerado, quando o teste de bafômetro indicar índice igual ou superior a 0,30 de álcool por miligrama de litro de ar expelido pelos pulmões. A multa prevista para a infração é consideração gravíssima, com multa de R$ 958,15. Neste caso, o veículo é recolhido.

Motociclistas estarão este ano no foco das campanhas e fiscalizações dos órgãos de segurança. A frota de motocicletas já é muito maior que a de carros e pelas estatísticas, são os motociclistas os maiores envolvidos em acidentes de trânsito com vítimas fatais. “Se para quem bebe e sai para dirigir um carro já é perigoso, imaginem então para o condutor da moto que qualquer manobra pode resultar em acidente”, observa Márcia Regina. (Fonte: Agência de Notícias do Acre)

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Ir para o conteúdo