Detran realiza último leilão do ano

por admin
0 visualizações

(Matéria por Alexandro Lima)

O Detran realizou, nesta terça-feira, 11, no auditório da Secretaria de Estado de Produção Familiar (Seaprof), o ultimo leilão de veículos apreendidos e com débitos neste ano de 2012. O leilão tem como foco regularizar a situação dos automóveis, muitos dos quais em situação precária e que, não podendo mais circular pelas ruas, são comprados por ferros-velhos.

Foram 98 lotes, correspondentes a carro ou moto, 12 dos quais tiveram a situação regularizada pelos proprietários e foram resgatados. Outros estavam em situação crítica e não poderão ir a leilão. Os demais lotes também foram arrematados, e o dinheiro arrecadado servirá para quitar as dívidas com IPVA, imposto cobrado pela Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) e licenciamento e multas, que são débitos com o Detran.

Os carros e motos leiloados são veículos com documentação irregular apreendidos em blitze ou utilizados em crimes como tráfico e outros que acumulam dívidas. “É uma oportunidade que os proprietários têm para quitar suas dívidas e regularizar a situação de seus veículos, encerrando o ano com o sentimento de dever cumprido”, diz a diretora-geral do Detran, Sawana Carvalho.

O dinheiro arrecadado com o leilão é todo utilizado para quitar as dívidas dos veículos. Alguns inclusive são arrematados por um valor menor que a divida, casos em que os valores a serem pagos pelas taxas de licenciamento, IPVA, seguro e multas são amortizados e quitados pelo valor do lance do veículo.

Os leilões ocorrem em intervalos regulares. Eles são realizados de acordo com a ocupação do pátio e vencimento das dívidas. São regularizados de acordo com edital, organizados pela Diretoria de Operações do Detran e realizados por empresa leiloeira da cidade, que fica responsável por receber os pagamentos e regularizar a situação de cada veículo.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Ir para o conteúdo