Detran realiza ação para sensibilizar população sobre respeito à faixa de travessia

260 visualizações

Sob o forte sol do Acre, andar apressado na rua é tão natural, que muitas vezes não se observa o quanto pode ser perigoso para os pedestres não respeitar a faixa de travessia e o semáforo para pedestres, assim como não ficar atento no momento de cruzar a via.

Além de auxiliar na travessia, os educadores orientaram sobre a importância da faixa de pedestre. Foto: Renato Beiruth

Para chamar a atenção de condutores e pedestres, nesta terça feira, 8, Dia Nacional do Pedestre, a equipe de Educação do Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran) realiza, em diversos pontos de Rio Branco, uma ação com o intuito de lembrar a todos os pedestres de sua responsabilidade pela manutenção da vida.

Outro objetivo da iniciativa é lembrar aos condutores que, no trânsito, “o maior deve cuidar do menor”, conforme preconiza o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

“Hoje é dia de lembrar que todos nós, em algum momento, somos pedestres e precisamos do respeito e proteção dos condutores. É dia de perceber o enorme risco de fazer a travessia fora da faixa ou quando o semáforo de pedestres está fechado”, enfatiza a presidente do Detran/AC, Taynara Martins.

Além de auxiliar na travessia, orientar sobre a necessidade de aguardar na calçada o semáforo para pedestres abrir e transitar com atenção total, os educadores do Detran lembraram os pedestres abordados de que, em locais sem semáforo, é preciso sinalizar a intenção de atravessar a rua, levantando o braço e aguardando a parada total dos veículos.

“É bonito ver quem exerce a cidadania no trânsito”, disse Aparecido Alves. Foto: Renato Beiruth

O pedagogo Aparecido Alves aprovou a ação educativa e aproveitou para lembrar que o trânsito é lugar de exercer a cidadania e proteção à vida: “Quero parabenizar o Detran pelo ato educativo, porque quanto mais se educa, menos se pune. Nós ficamos contentes quando vemos alguém exercendo a cidadania, usando a empatia para pensar: poderia ser minha mãe, poderia ser meu irmão, poderia ser meu filho passando na faixa de pedestres e sendo respeitado”.

Confira algumas orientações para garantir a segurança dos pedestres

Arte: Samuel Cabral


Fotos: Renato Beiruth

Talvez queira ler essas notícias

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Ir para o conteúdo