Detran intensifica campanha para o uso da “cadeirinha” de segurança para crianças

por admin
1 visualizações

Blitz educativas estão sendo realizadas em Rio Branco alertando motoristas e passageiros para a importância do equipamento

A Resolução 277/08 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) tornou obrigatória a utilização de dispositivos de retenção para o transporte de crianças. Os pais e responsáveis devem ficar atentos, pois a partir de do mês de junho, os condutores serão autuados caso estejam transportando crianças menores de dez anos sem observar as condições de segurança.

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran), em conjunto com a Companhia de Trânsito (Ciatran), e em parceria com o Juizado de Trânsito e Sindicato dos Mototaxistas, realizaram na última sexta-feira, 30, no estacionamento do Teatro Plácido de Castro, uma blitz educativa sobre o uso da “cadeirinha” e abordagens relacionadas aos itens de segurança para motociclistas. No local houve até distribuições de viseiras para capacetes. Além disso, também foram repassadas informações sobre o Seguro Dpvat e as principais dúvidas decorrentes de colisões no trânsito.

O diretor-geral do Detran, Reginaldo Prates, a diretora de Operações, Sawana Carvalho, e o comandante da Ciatran, major Luciano Fonseca, fizeram questão de alertar os condutores sobre a utilização dos itens de segurança.

No sábado, dia 01, a blitz educativa aconteceu em frente a Companhia de Trânsito (Ciatran). “A segurança do condutor e do passageiro devem estar sempre em primeiro lugar. Assim como os pais e responsáveis devem proteger as crianças utilizando o dispositivo de retenção adequado, a viseira da do capacete também é fundamental”, ressalta o diretor.

“Essas orientações são de grande importância para todos os condutores, mas também deve haver blitz repressivas para coibir os motoristas que bebem e saem fazendo barbaridades no trânsito”, comentou a comerciante Antônia Bezerra.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Ir para o conteúdo