Detran inicia campanha para diminuir acidentes com motocicletas

por admin
0 visualizações

Por Flaviano Schneider (Cruzeiro do Sul

Dos 22 mil veículos rodando em Cruzeiro do Sul, 80% são motocicletas. A Ciretran local emplaca entre 140 a 180 motos por mês, e um dado preocupa: dos sete acidentes fatais ocorridos neste ano, seis tiveram o envolvimento de motocicletas. Essa predominância de acidentes com motos também se verifica nos demais municípios. Em razão disso, o Detran iniciou em todo o Estado na segunda-feira, 1 , o projeto “Motociclista Legal é 100% Consciente”.

Durante todo o mês serão intensificadas ações no sentido de fortalecer a conscientização de condutores, na busca de redução das imprudências nos acidentes fatais. Em Cruzeiro do Sul a campanha foi lançada nesta terça-feira, 2, na sede da Ciretran, com presença do comandante da PM local, tenente-coronel Aires, do gerente da Ciretran Valdeci Dantas e do presidente do Sindicato dos Motociclistas, Antônio Francisvaldo Castelo.

Durante todo este mês, segundo informação do gerente da Ciretran, vão ocorrer blitze educativas e panfletagem no centro da cidade, bairros, na Ponte da União, posto fiscal e posto rodoviário. O projeto também será divulgado durante todo o mês nas empresas e instituições públicas. No próximo dia 10 haverá uma palestra no Teatro dos Nauas para mototaxistas, motoboys e motociclistas em geral. No dia 31, no encerramento do projeto, será realizada uma carreata no centro da cidade.

O presidente do sindicato dos mototaxistas contou que existem 225 motos cadastradas fazendo o serviço de transporte de passageiros, mas com os condutores, denominados “viração”, que trabalham em horários alternativos, o número de mototaxistas é de 300. Ele reconhece que há a predominância de acidentes envolvendo motos, e para isso só existe uma solução: “Respeitar as leis de trânsito”.

O gerente da empresa revendedora de motos Edvaldo Nascimento manifestou seu apoio à campanha tanto na parte logística quanto na de premiação aos participantes das atividades. “Não estamos preocupados apenas em vender motos, mas também com o trânsito.”

Apoio da PM

O tenente-coronel Aires contou que a parceria com o Detran é permanente e a PM vai intensificar a fiscalização. Aires ressaltou um fato: enquanto no trânsito já houve sete acidentes fatais, o número de homicídios está caindo: neste ano de 2013, até agora (primeiro semestre), houve um caso, enquanto no ano passado foram registrados 11.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Ir para o conteúdo