Detran contempla três mil alunos com educação de trânsito em Sena Madureira

por admin
2 visualizações

A educação de trânsito do Detran, inicia nesta segunda-feira, 11, suas atividades no interior do estado. Sena Madureira é o primeiro município contemplado. Ao todo serão aproximadamente três mil alunos que terão acesso as regras de autocuidado no uso das vias publicas. A ação se estende até sexta-feira, 15, contemplando também o ensino médio com palestras sobre a operação Álcool Zero.

A coordenadora de educação de trânsito, Geny Polanco, destaca que serão atendidas cincos escolas, com públicos que variam entre a educação infantil, ensino fundamental I e II, ensino médio e também do projeto Poronga. São elas: Instituto Santa Juliana, Eliziário Távora, Iracema D”Ávila Modesto, Chapeuzinho Vermelho e Dom Júlio Mattioli.

Para a diretora do Instituto Santa Juliana, Arturiete Oliveira, a palestra proporciona aos alunos a oportunidade de aprender coisas que não davam importância, mas que são de suma importância para a própria segurança nas ruas. “Agora estão aprendendo a como se comportar durante o percurso de casa para a escola e vice-versa”, disse.

Já para a coordenadora pedagógica Sonja Priscilla Fernandes, a palestra dá aos alunos o aprendizado que muitas vezes eles não recebem em casa, por motivos culturais. Transformando-os em agentes difusores da educação no trânsito. “O que o aluno aprende, sempre passa adiante em casa, com os amigos e até mesmo dentro da sala de aula. Aqui na escola trabalhamos o tema, mas não com o embasamento que o Detran tem. Agora, eles vão se posicionar corretamente, vão seguir as regras que o trânsito impõe. Além do mais, isso enriquece nossa grade curricular, já que oferta novas experiências para nossos alunos”, afirma.

O aluno Mateus dos Reis Silva, estudante do sétimo ano assistiu atentamente a palestra. Ao final, disse que muitos colegas se identificavam com o que não é para fazer durante as travessias de ruas. “Eles andam correndo, nem prestam atenção no trânsito. Com certeza, agora vão estar mais atentos e atravessar a rua com calma”, conclui.

Geny Polanco ressalta que a participação dos professores é determinante para o sucesso da ação. “Eles repassam a prática pedagógica, inserindo o tema trânsito na grade curricular através das disciplinas que ministram”. E ela lembra: o trabalho da educação de trânsito não para nunca. Estamos presentes em bares, restaurantes, escolas e eventos de grande porte. Nosso trabalho reflete especialmente na diminuição dos índices de acidentes, pois trabalhamos mostrando ao público o direito de ir e vir dos vulneráveis, que são os pedestres”, finaliza.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Ir para o conteúdo