Detran/AC realiza abertura oficial do Movimento Maio Amarelo na capital

por admin
0 visualizações

Por Andréia Nobre

Com o propósito de incentivar a mudança de cultura e a prevenção de acidentes nas vias, o Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran/AC) realizou na manhã desta terça-feira, 8, na unidade de atendimento de veículos da instituição, a abertura oficial das atividades do Movimento Maio Amarelo na capital.

Com o tema “Nós Somos o Trânsito”, a ideia do Maio Amarelo é pôr em pauta a segurança viária e mobilizar toda a sociedade para promover atividades voltadas à conscientização.

O Maio Amarelo é um movimento nacional organizado pelo Observatório Nacional de Segurança Viária e este ano está em sua 5ª edição. A cor amarela faz referência a advertência.

Sensível à causa do trânsito, o governo do Estado aderiu mais uma vez à campanha que está sendo executada pelo órgão de trânsito. Vários municípios recebem ações de educação de trânsito e monumentos e prédios públicos ganham iluminação amarela.

Governo do Estado do Acre aderiu mais uma vez à campanha (Foto: Renato Beiruth/Detran)

Durante a solenidade, a diretora-geral do Detran/AC, Shirley Torres, convidou o agente de trânsito Jones Costa, que foi vítima de acidente de trânsito no ano passado, para exemplificar como a imprudência no trânsito pode trazer consequências danosas.

“Somente no Brasil morrem cerca 47 mil pessoas por ano e outras 400 mil ficam com alguma sequela. Por ano, os acidentes custam cerca de R$ 56 bilhões ao país. Queremos chamar a atenção dos acreanos para esse problema, que não é apenas do poder público”, ressaltou Shirley no evento.

Segundo o secretário de Estado de Saúde, Rui Arruda, os levantamentos da secretaria mostram um declínio significativo nos índices de mortalidade no trânsito no Acre. Em 2011, por exemplo, a mortalidade era de 22,4 para cada 100 mil habitantes; no ano passado, essa taxa caiu para 13,5.

“Alcançamos um número menor que a média da Região Norte e do restante do Brasil, que é de 23 mortes para 100 mil habitantes. Essa redução é fruto do trabalho de campanhas como esta de conscientização, educação e orientação no trânsito, que fazem com que mais pessoas tenham mais cuidado. Estamos salvando vidas”, ressalta Arruda.

Ao longo dos anos, os trabalhos de engenharia, educação e fiscalização do Detran contribuem para a redução da quantidade de mortos e feridos no Acre.  Em 2017, por exemplo, houve uma queda histórica de 26% de mortes no trânsito no estado, menor índice já registrado pelo órgão durante treze anos, mesmo com um aumento de mais de 200% da frota.

Durante o evento, a Polícia Militar recebeu uma viatura adquirida por meio de convênio entre as instituições. Ela será utilizada no 10º Batalhão de Policiamento em Brasileia.

Conheça aqui o conteúdo completo da campanha, que pode ser baixado e compartilhado sem custos.









Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Ir para o conteúdo