Detran/AC incentiva volta às aulas com segurança no trânsito

por admin
2 visualizações

Daigleíne Cavalcante 

O início do ano letivo nas escolas públicas de Rio Branco evidencia um velho problema no trânsito: o desrespeito e a falta de educação de muitos condutores, além do despreparo de pedestres, que arriscam a vida na hora da travessia.

Por meio de apresentações teatrais, conversas e auxílio na travessia, educadores do Detran promovem a paz nas vias (Foto: Andréia Nobre/Detran)

Para mudar essa realidade, o Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran/AC) deu início nesta segunda-feira, 5, à Operação Volta às Aulas, com atividades lúdicas e educativas que pretendem formar uma cultura de respeito e promoção da segurança nas vias, nas proximidades das escolas e no percurso de ida e volta das crianças.

“É comum observarmos pais apressados, filhos ansiosos e algumas atitudes que deixam o trânsito um tanto confuso e perigoso. O que fazemos aqui é orientar sobre o comportamento viário correto que proporcione boa fluidez do tráfego e, principalmente, a segurança dos estudantes”, explica a coordenadora da equipe de Educação do Detran/AC, Geny Polanco.

Por meio de apresentações teatrais, conversas e auxílio na travessia, os educadores do Detran pretendem plantar em cada cidadão a semente do respeito e autocuidado no trânsito. Um trabalho quase de formiguinha, que exige persistência e paciência, mas essencial para um resultado positivo, em médio e longo prazo, que pode transformar a realidade.

 

Márcia Rodrigues e o filho Davi sabem que a faixa de pedestres é o local mais seguro para a travessia (Andréia Nobre/Detran)

O foco principal da campanha este ano é chamar a atenção dos pais para a necessidade de orientar os filhos sobre a travessia somente pela faixa de pedestre, além de outras atitudes fundamentais para a conservação da vida e lembrar os condutores que estacionar em locais proibidos e filas duplas é desrespeito não só às leis, mas também ao próximo, já que causa congestionamentos e até acidentes.

“Essa conscientização é importante não só no início das aulas, é preciso que as pessoas tenham atitudes responsáveis sempre, principalmente nas proximidades de escolas, onde há esse trânsito de crianças e que os pais gerem nos filhos esse senso de responsabilidade”, enfatiza a mãe de um aluno, Márcia Rodrigues.

Exemplo disso é atitude do pequeno William Wendel da Costa, 11 anos, que ao sair da escola atravessa a rua na faixa de pedestre, certo de que é o lugar mais seguro. O estudante afirma que já recebeu orientação sobre comportamentos viários tanto em casa como na escola e aconselha os demais amigos: “É importante olhar para os dois lados antes de atravessar e não correr na rua nem ficar olhando para o celular”, afirma o estudante, que segue seu trajeto de volta para casa feliz e em segurança depois do primeiro dia de aula do ano.

Enquanto toma um sorvete, William Wendel da Costa, 11, atravessa a rua em segurança (Foto: Andréia Nobre/Detran)

Talvez queira ler essas notícias

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Ir para o conteúdo