Convênio com Dnit permite Detran operar radares em estrada federal

por admin
5 visualizações
Os radares instalados em perímetro urbano das rodovias federais no Acre permanecem operando legalmente, garantiu nesta terça-feira, 22, o diretor-geral do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Reginaldo Prates. O convênio 001/2008, firmado no dia 4 de agosto do ano passado entre o Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre (Dnit) delegou ao Detran competência para manter os equipamentos (fixos) implantados na Via Verde (Estrada da Floresta e Estrada do Amapá) e Belo Jardim, todos na BR 364.

Os radares foram instalados porque naquelas regiões vinham ocorrendo acidentes com vítimas fatais. Ação movida pelo Ministério Público levou o Detran a anular, de ofício, 1,5 mil multas aplicadas por aqueles radares até o dia 25 de março de 2008. As multas pagas estão sendo restituídas mediante solicitação do usuário, que deve apresentar a autuação. Mas a partir de 25 de março, houve uma decisão liminar da Justiça Federal mantendo os radares. O órgão legalmente estabelecido para esse fim é o Dnit, com o qual o Detran celebrou convênio. “Com isso, a ação do MP perdeu o objeto a partir desta decisão”, explicou Prates.

O Detran está apelando da multa aplicada ao diretor anterior. O órgão irá comprovar que os prazos estabelecidos pela Justiça Federal foram obedecidos e não há razão para manter a multa. (Agência de Noticias do Acre)

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Ir para o conteúdo