Contran prorroga prazos para realização de exames toxicológicos

por Detran AC
10 visualizações

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) anunciou nesta quarta-feira, 28, por meio de deliberação publicada no Diário Oficial da União (DOU), a prorrogação da data máxima para realização do exame toxicológico para condutores que possuem Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nas categorias C, D ou E, que dirigem veículos grandes, como van, caminhão e ônibus.

A deliberação do Contran, n°222, altera as resoluções da n° 691, de 27 de setembro de 2017, e a n° 390, de 11 de agosto de 2011, estabelecendo novos prazos ao longo do ano para que esses condutores regularizem os exames periódicos.

A medida foi necessária para permitir que os interessados possam realizar o procedimento com segurança, sem gerar aglomerações, seguindo protocolos de enfrentamento à Covid-19.

“Vale lembrar que quem não dirige veículos que exijam categoria C, D ou E, apesar de possuir CNH nessas categorias, não terão consequências jurídicas caso não realizem o exame agora, podendo deixar para a próxima renovação”, explica a chefe de Atendimento de Habilitação do Detran/AC, Elisângela Brasil.

Novos Prazos

As CNHs vencidas no primeiro semestre de 2021 têm até o dia 30 de junho de 21 para serem regularizadas. As vencidas no segundo semestre deste ano têm até o dia 31 de julho.

As CNHs com vencimento no primeiro semestre de 2022 têm até 31 agosto de 2021, e no semestre de 2022, têm como data-limite 30 de setembro de 2021.

Já para carteiras com vencimento no primeiro semestre de 2023, seus condutores têm até 31 de outubro de 2021 para regularizar, as vencidas no 2° semestre 2023, até 30 de novembro de 2021.  As que vão vencer de janeiro a abril de 2021 têm até 31 de dezembro de 2021.

Os novos prazos valem para a regularização dos exames periódicos, independentemente da validade da CNH, caso a renovação ocorra em até 90 dias após a data da coleta da amostra. O condutor poderá usar o exame periódico para esse fim. Se a renovação ocorrer 90 dias após a coleta, o motorista precisará fazer um novo teste.


Prazos prorrogados para exames toxicológicos Card: Divulgação Governo Federal

Fiscalização

O descumprimento do prazo-limite estabelecido na deliberação sujeita o condutor a infração a partir do dia imediatamente subsequente, conforme prevê o art. 165-B do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), lembrando que a multa será aplicada somente para condutores que forem flagrados dirigindo veículos que exijam categoria C, D ou E.

“Exemplificando, caso o condutor não regularize o exame periódico dentro do novo prazo estabelecido, ao conduzir um veículo que exija categoria C, D ou E, estará cometendo uma infração”, explica Elisangela Brasil.

Multa de balcão

No momento da renovação da habilitação das categorias C, D ou E, não será aplicada a multa pela não realização dos exames, a chamada “multa de balcão”, exclusiva para os motoristas que exercem atividade remunerada e com CNH nessas categorias, estabelecida no parágrafo único do art. 165-B do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Deliberação Contran nº 222, de 27 de abril de 2021, pode ser acessada no site do DOU, edição 78, seção 1, página 51.

Talvez queira ler essas notícias

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Ir para o conteúdo