Combate a incêndios é assunto do Segurança e Cidadania desta quinta-feira

por admin
0 visualizações

O tema desta semana do programa Segurança e Cidadania foi o combate aos incêndios. A atração apresentada por Pedro Paulo e pela tenente Marta na Rádio Difusora Acreana teve como entrevistado o comandante operacional do Corpo de Bombeiros, coronel Josenito Costa. Além dos incêndios de maneira genérica, também foi falado a respeito das queimadas, situação presente no fim do inverno amazônico.

O coronel Josenito esclarece que as principais causas de incêndios são instalações elétricas mal feitas ou clandestinas, os “gatos”. Já no ambiente florestal, a principal causa seria o descuido dos produtores ao manusear o fogo ou até mesmo ao fumar. Além disso, o comandante explica que, em caso de incêndio não se deve entrar em pânico, muito menos tentar abrir portas e janelas que porventura estejam fechadas, já que o oxigênio do ar pode ser um fator de alimentação para as chamas.

Também foi perguntado ao coronel quanto à existência de permissão governamental para realizar queimadas. “O uso do fogo não é permitido, mesmo para os pequenos produtores rurais. Os órgãos como a Secretaria Municipal e Estadual de Meio Ambiente e o Instituto de Meio Ambiente do Acre apresentam alternativas sustentáveis para essa prática. Caso tenham interesse, podem procurar essas entidades”, conta.

Josenito Costa finalizou pediu que as pessoas, em caso de incêndio, não procurem elas mesmas combater as chamas. “Se você se vir numa situação de incêndios e quiser ajudar as pessoas que estão à sua volta, não o faça se você não tiver segurança e se você não tiver o treinamento necessário. Muitas vezes é tentando ajudar que as pessoas podem se tornar vítimas”, alerta.

O semanário vai ao ar todas as quintas-feiras, às 17 horas. Seu objetivo é levar ao conhecimento dos cidadãos as ações dos órgãos que compõem o Sistema Integrado de Segurança Pública, que são o Detran, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Instituto de Administração Penitenciária, Secretaria de Polícia Civil e Secretaria de Segurança Pública. O intuito também é incutir na população a responsabilidade da segurança coletiva e o autocuidado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Ir para o conteúdo