Cicleata e movimentos culturais marcam o Dia Mundial Sem Carro

por admin
0 visualizações

(Por Jannice Dantas)

Dando continuidade às ações da Semana Nacional de Trânsito e em comemoração ao Dia Mundial Sem Carro, foi realizada no domingo, 22 uma cicleata em parceria com a Associação dos Ciclistas do Acre (Acac). O movimento teve início em algumas cidades europeias, ainda no século 20, e vem se espalhando pelo mundo.

A diretora do Detran, Sawana Carvalho, participou do evento e destacou a importância de transportes alternativos, como a própria bicicleta no dia a dia do trânsito. “Rio Branco a cada ano vem aderindo às manifestações desse dia, de forma tímida ainda, mas já estamos conseguindo fazer com que o cidadão reflita sobre os problemas causados pelo uso intenso de automóveis para o deslocamento. Precisamos dividir, em vez de sair cada um no seu veículo, podemos sair juntos de casa, seja para trabalho, estudo ou lazer”, disse.

Para o presidente da Associação dos Ciclistas do Acre, Valden Rocha, além de chamar a atenção para a bicicleta como meio de transporte, a data também mostra o veículo como forma de exercício. “Permite a prática de atividade física, tirando a pessoa do sedentarismo, auxiliando na boa saúde das pessoas”, relata.

Educação de Trânsito participa de atividades culturais no cacimbão

Quinzenalmente o cacimbão da Capoeira recebe o movimento coletivo, idealizado pelos produtores culturais Alessandro Ferreira, George Naylor, Regina Maciel, Saulo Machado, entre outros.

Especialmente neste domingo, para se somar as atividades realizadas no local, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), por meio de sua coordenação de Educação de Trânsito, esteve presente com a campanha “Sua Majestade, o Pedestre”. O trabalho consiste em levar as pessoas a refletirem sobre a fragilidade do pedestre nas vias.

“Essa ação está sendo realizada simultaneamente em vários Detrans do Brasil, o objetivo maior é mostrar que o respeito ao pedestre tem que ser soberano, afinal, em alguma hora do dia, todos somos pedestres”, enfatiza Sawana.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Ir para o conteúdo