Bicicletas causam maior número de acidentes envolvendo crianças

por admin
0 visualizações

Por Jannice Dantas

Segundo informações do setor de estatística do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), em 2012 os acidentes de trânsito não fatais, envolvendo crianças entre 0 a 11 anos, chegam ao percentual de 4,25%. Em 2013, até o mês de setembro, esse número mudou para 4,44%. Já os acidentes fatais tiveram 8% das vítimas em todo o ano de 2012 e 3% até esta sexta-feira, 11.

No ano passado, desse total de acidentes, 25% conduziam bicicleta, 12% eram passageiros em motocicletas e 63%, pedestres. Já em 2013, até o momento o número e as causas se dividem em 50% passageiros de bicicletas e 50% na garupa de uma moto.

A diretora do Detran, Sawana Carvalho, destaca que, das oito crianças que morreram vítimas de acidentes em 2012, apenas duas estavam na capital. Em 2013 foram duas vítimas, ambas no interior do Estado.

Para mudar esse quadro, durante toda a semana o governo do Estado do Acre, por meio do Detran, realizou nas escolas atividades de educação de trânsito voltadas para o autocuidado das crianças nas ruas.

Nesta sexta, 11, a equipe da autarquia levou a minipista ao Educandário Santa Margarida. Na entidade atualmente estão abrigadas 31 crianças, vítimas de abandono, negligência ou violência. Segundo informações da diretoria, 80% das crianças voltam ao seio familiar – os outros 20% vão para adoção.

Para Sawana Carvalho, levar noções de trânsito às crianças é importante e tem o objetivo de fazer com elas se previnam contra acidentes. “Crianças tendem a ser distraídas e muitas vezes utilizam as vias públicas para suas brincadeiras”, relata.

O diretor-presidente do Educandário Santa Margarida, Raimundo Dias Paes, destaca: “É importante e deve ser realizada sempre. Quanto mais se falar de trânsito para as crianças, menos acidentes teremos. Esse movimento que se inicia na infância termina com cidadãos mais conscientes”.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Ir para o conteúdo