AND conclama prefeitos à municipalização do trânsito

por admin
0 visualizações

A importância da municipalização do trânsito foi tema da palestra sobre Trânsito e Mobilidade Urbana, na Marcha Nacional dos Prefeitos, ministrada pela presidente da AND, Sawana Carvalho. Ela observou que dos mais de 5.500 municípios brasileiros, apenas pouco mais de 20% (1.337) possuem órgãos de trânsito. “O trânsito impacta nos municípios em várias áreas, desde a mobilidade urbana à saúde, já que a redução de acidentes reduz os gastos com a saúde”, alertou.

A presidente da AND atentou para o fato de o Código Brasileiro de Trânsito prever a criação de órgãos e entidades executivos de trânsito e da importância de os prefeitos investirem. “O trânsito tem a mesma importância do transporte e faz parte da mobilidade urbana e as prefeituras, por meio dos órgãos municipais de trânsito, podem cuidar do tripé infraestrutura, educação e fiscalização”, acrescentou.

O município que não está integrado, alertou Sawana Carvalho, perde receita. “Além disso, os municípios estão perdendo receita, já que podem arrecadar com a fiscalização, autuação e aplicação das medidas administrativas de trânsito”, emendou a presidente da AND. “Não tem como fazer ações no município se não tiver a parceria do prefeito. Daí a importância do órgão municipal de trânsito”.

A presidente da AND também destacou que existem modelos de convênios com os Detrans e com outros órgãos nos âmbitos estaduais e federal que a existência de um órgão municipal de trânsito facilitaria. “Os municípios precisam se integra ao Sistema Nacional de Trânsito, inclusive com representação no Conselho Nacional de Trânsito, que é uma das reivindicações da AND”, finalizou ela.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Ir para o conteúdo