Acre participa de encontro que reúne os melhores projetos de educação de trânsito do país

por Detran AC
0 visualizações

Daigleíne Cavalcante 

Três projetos acreanos de educação viária estão entre os 50 melhores do país (Ascom/Detran)

Como parte do projeto Educação Viária é Vital, da Fundação Mapfre, representantes do Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran/AC) e de escolas públicas do estado participam de encontro nacional sobre trânsito. A atividade foi realizada nesta quinta-feira, 23, em São Paulo (SP).

Ao longo do ano, a Fundação Mapfre capacita educadores de todo o país sobre a importância de disseminar a educação viária nas escolas. No fim de cada ano, seleciona os melhores projetos do país e leva seus representantes para um momento de imersão e compartilhamento de saberes.

Em 2018 foram desenvolvidos 187 projetos de educação viária em todo o país, com o apoio da Fundação Mapfre. Foram escolhidos 50 para participar do encontro, que tem a intenção de socializar e fortalecer as iniciativas.

Do Acre, três projetos desenvolvidos em escolas infantis e creches foram selecionados – um de Rio Branco, outro de Sena Madureira e, por fim, de Brasileia.

“Este ano atingimos mais de 20 mil pessoas, entre alunos e comunidade escolar, em todo o país, e só com a parceria dos Detrans e das instituições de ensino é possível propagar a importância da prevenção e da segurança viária”, afirma a diretora da Fundação Mapfre no Brasil, Fátima Lima.

Detran é parceiro da Fundação Mapfre no desenvolvimento de projetos educativos em escolas (Ascom/Detran)

Os participantes do evento tiveram a oportunidade de ouvir palestras com Victor Pavarino, representante da Organização Mundial de Saúde (OMS) e Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) no Brasil, Pedro de Paula, da Iniciativa Bloomberg para Segurança Global no Trânsito, e de Renata Falzone, do movimento Bike é Legal, que incentiva a utilização da bicicleta e a valorização do ciclista e pedestre no trânsito.

Em 2018, além dos 220 educadores acreanos que receberam a formação oferecida pela instituição internacional, pela primeira vez a capacitação atravessou fronteiras e chegou à cidade de Cobija, na Bolívia.

“Este é o sexto ano que o Detran do Acre apoia a realização do trabalho da Fundação Mapfre, acompanhando a realização dos projetos e unindo-se às escolas na missão de educar alunos de todas as idades para o trânsito”, afirma a coordenadora de educação do Detran, Geny Polanco.

Em 2017, um projeto desenvolvido no Instituto Santa Juliana, em Sena Madureira, foi o ganhador nacional da Mapfre.

Talvez queira ler essas notícias

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Ir para o conteúdo