Acre participa de congresso internacional de trânsito

por admin
0 visualizações

Termina nesta quinta-feira, 19, o congresso internacional de trânsito que está sendo realizado na cidade de Porto Alegre (RS) e teve início no dia 17. Com o tema “Ideias que Salvam Vidas”, o objetivo do evento é promover a análise do primeiro ano da “década de ação pela segurança viária” no Brasil e disseminar experiências internacionais na redução da acidentalidade no trânsito.

A década de ação pela segurança viária foi lançada pela Organização das Nações Unidas (ONU), há um ano, com o desafio de reduzir em 50% os acidentes de trânsito no mundo no período de dez anos. O Acre abraçou a causa em defesa de um trânsito seguro e a pedido do próprio governador Tião Viana. Medidas duras de combate à alcoolemia, campanhas de respeito aos pedestres e também contra o excesso de velocidade foram adotadas e colocadas em práticas pelo Detran/AC.

“Eventos dessa natureza são vitais, pois pessoas do mundo inteiro compartilham experiências bem sucedidas na redução de acidentes. São um conjunto de experiências vitoriosas que têm um objetivo em comum: salvar vidas! Pessoas que disseram ‘basta!’ e levantaram de suas cadeiras para salvar vidas”, disse o diretor do Detran do Rio Grande do Sul, Alessandro Barcellos, durante a abertura do congresso.

Para a diretora do Detran/AC, Sawana Carvalho, os trabalhos serão de suma importância para o trânsito do país e do Estado. “Podemos ver que os trabalhos ao redor do mundo estão surtindo efeito. Saber que o Acre faz parte dessa mudança muito nos orgulha, pois a vida é o maior direito que o ser humano possui. Não podemos admitir que os índices de acidentes aumentem. Estamos todos unidos por uma única causa: salvar vidas!”, enfatizou.

Uma das conferências mais esperadas foi a da diretora-geral de trânsito da Espanha, María Seguí Gómez. Ela abordou a estratégia multi-institucional espanhola para a segurança viária e teve como mediador o deputado federal Hugo Leal, presidente da frente parlamentar em defesa do trânsito seguro.

Em sua apresentação, Gómez enfocou a importância dessa oportunidade de compartilhar as experiências e trabalhar em conjunto, através de políticas de Estado com o compromisso de colaborar de forma profunda com boas ideias, a fim de avançar nas mazelas do trânsito. “Esse é um problema que afeta a todos e é através da integração que alcançaremos o sucesso”, disse.

Também palestraram o diretor executivo da Agência Nacional de Segurança Viária da Argentina, Felipe Laguens, o delegado interministerial para a segurança viária do Ministério do Interior da França, Joël Valmain, o presidente da Comissão de Transportes e Acidentes da Austrália, Janet Dore, e palestrantes de várias regiões do Brasil.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Ir para o conteúdo