Acre inicia capacitação do Programa Educação Viária Vital

por admin
4 visualizações

Tassiane Pontes 

Teve início na tarde desta segunda-feira, 4, um curso de educação para o trânsito destinado a professores de escolas públicas e privadas, professores, estudantes universitários e funcionários do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Rbtrans).

O curso é uma iniciativa da Fundación Mapfre, uma instituição sem fins lucrativos, criada em 1975 para promover e financiar atividades de interesse geral da população, que mantém uma intensa atuação nas áreas de formação, informação, pesquisa e promoção de segurança e atua em 39 países da Europa e América Latina, em parceria com o Detran.

A capacitação faz parte do projeto Educação Viária Vital que a Mapfre desenvolve em todo o país. No Acre, mais de 20 escolas dos municípios de Plácido de Castro, Sena Madureira, Brasileia e Rio Branco aderiram ao projeto. Este ano, também será desenvolvido na cidade de Cobija, na Bolívia.

Os projetos desenvolvidos no Acre já foram destacados nacionalmente nos anos de 2016 e 2017 (Foto: Tassiane Pontes/Detran)

O treinamento é oferecido de forma presencial e depois segue no sistema de educação à distância.

Segundo a Diretora Geral do Detran, Shirley Torres, a parceria entre o Detran e a Fundação Mapfre já existe há seis anos. “O nosso grande objetivo é salvar vidas. Toda parceria que vier contribuir para que evitemos as mortes no trânsito é sempre bem-vinda”.

A orientadora pedagógica do programa Educação Viária Vital, Dolores de Paula, explica que o objetivo do programa é contribuir para a diminuição dos números de acidente de trânsito por meio da educação.

“Queremos motivar os professores a trabalharem o tema de educação de trânsito, para que eles pensem em ações pedagógicas a serem desenvolvidas com as crianças nas escolas. Paralelamente a capacitação, os professores desenvolverão um projeto que será avaliado pela fundação no final do curso” explica a orientadora.

O programa promove ações relacionadas à segurança da população, com especial atenção à segurança viária com vistas à mudança da cultura comportamental no trânsito, conciliando ensinamentos teóricos e proporcionando momentos de vivência do que foi ensinado.

Para a professora da Universidade Federal do Acre (UFAC), Greiciane Rocha, que desenvolve um projeto de extensão voltado para a educação de trânsito, o curso contribuirá para a formação dos alunos universitários envolvidos no projeto.

“Haverá uma troca de ideias e experiências entre a representante da fundação e a universidade, o que contribuirá para estender o projeto às escolas”, destaca.

Professora do curso de enfermagem da Ufac Greiciane Rocha (Foto: Ascom/Detran)

Educação Viária Vital

Instalado no Brasil desde 2004, o programa é integrado às propostas curriculares das Escolas de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio, com atividades que se conectem a disciplinas e aulas de cada segmento.

A ideia é promover condições de um deslocamento seguro, de maneira que as crianças e adolescentes comecem, desde cedo, a adquirir hábitos que contribuirão para a formação de cidadãos mais conscientes, seguros, informados e respeitosos em relação à segurança viária e à própria vida.

Talvez queira ler essas notícias

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Saber mais

Ir para o conteúdo